Transição da “Fase Tipográfica” para a “Fase Litográfica”

Outro fator que contribuiu muito para a evolução gráfica do jornal impresso foi a mudança na forma de impressão. Até os anos sessenta a impressão se dava se maneira quase artesanal, o uso de imagens era difícil, devido aos poucos recursos gráficos, e não havia uma variedade de fontes a ser usada. Esse período ficou conhecido como “Fase Tipográfica”.

“Fase Litográfica”

A fase litográfica iniciou no Brasil com a “Folha De São Paulo” no ano de 1968. O jornal paulista foi o primeiro no Brasil a comprar uma impressora off-set rotativa de grande porte. A mudança foi brusca, pois permitiu os jornais trabalhar melhor a fotografia, o deseign do jornal ganha importância, alem das rotativas imprimirem numa velocidade maior, agilizando o fechamento das edições e permitindo as noticias serem mais quentes. Tudo isso exigiu que todos os profissionais envolvidos evoluíssem em suas profissões.

Referências Bibliográficas:
BAHIA, Juarez, Jornal, História E Técnica História a Imprensa Brasileira, Editora Ática, 1990.
FREIRE, Eduardo Nunes, design no jornal impresso diário. Do tipográfico ao digital,  Revista Galáxia Nº18 p. 291-31, 2009.
SILVA, Rafael Souza, Diagramação O Planejamento Visual Gráfico Na Comunicação Impressa, Summus Editorial, 1985.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s