Manipulação e ética

 Tratando-se de fotografia, todas correm o risco de serem manipuladas. Como diz Paulo Munhoz em “Estágios de desenvolvimento do fotojornalismo na internet”:

 “A partir do momento em que o fotógrafo optou por esse ângulo e não por aquele, ou por determinado tipo de distância focal de lente e não por outro, de alguma maneira, já está trabalhando o conteúdo da imagem, produzindo seu sentido de acordo com as suas intenções, sejam ela movidas por fatores expressivos e estéticos ou por questões ideológicas de engajamento.” (MUNHOZ, 2002)

 Claro que não só uma escolha do fotógrafo é capaz de manipular uma foto. Desde que programas de manipulação, como o famoso Photoshop, surgiram, fica cada vez mais fácil de encontrar fotos que distorcem a realidade.

No ano de 2008, uma das imagens dos testes de mísseis do Irã distribuída pela agência France Presse foi alterada, segundo aponta o blog do jornal americano The New York Times. A fotografia que apresenta quatro mísseis lançados no deserto do Golfo Pérsico teve um dos projéteis incluídos digitalmente:

 

 Foto original: Associated Press

 

Foto Manipulada:  Reprodução/ The New York Times

Na fotografia alterada, nota-se que o segundo e o terceiro projétil (da esquerda para a direita) são idênticos e estão na mesma trajetória. Porém, a fumaça no solo é igual à apresentada pelo quarto projétil lançado. Além disso, o caminhão que está no original distribuído nesta quinta desaparece. A France Presse reconheceu que a imagem, obtida da agência iraniana Sepah News foi retocada e teve um míssil acrescentado.

Outros exemplos de manipulação:

http://www.youtube.com/watch?v=kCgPrHQQFEM

 Apresentando estes exemplos, vamos falar sobre a diferença entre tratamento e manipulação. O tratamento consiste em melhorar a qualidade da imagem, já a manipulação, interfere na realidade dos fatos.

 Existe, obviamente, um conflito entre as manipulações e a ética daqueles que a praticam. Talvez um fotojornalista não se sinta confortável com o que acaba por fazer, mas muitas vezes os proprietários dos veículos de comunicação exigem tal manipulação porque sabem que poderão ter mais lucros com aquela imagem manipulada do que com o jornalismo ético e real.

 REFERÊNCIAS

BATISTA, Mariana Tannous Dias. Ética e Manipulação da imagem no fotojornalismo digital. Disponível em: http://www.webartigos.com/articles/25318/1/Etica-e-manipulacao-da-imagem-no-fotojornalismo-digital-/pagina1.html Acesso em: maio de 2011.

 EXEMPLOS de manipulação. Disponível em: http://www.slideshare.net/sandrafonso/exemplos-de-manipulaao Acesso em: maio de 2011.

 MUNHOZ, Paulo. Estágios de Desenvolvimento do fotojornalismo na Internet. s.d. 15f. Artigo (Mestrado em Comunicação e Cultura Contemporânea) – Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia -UFBA, Bahia, s.d. Disponível em: http://dialogos.ftc.br/index.php?option=com_docman&task=doc_download&gid=78&Itemid=15 Acesso em: maio de 2011.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s