Entrevista – Cláudio de Oliveira

 

O chargista Cláudio de Oliveira começou a trabalhar aos treze anos, publicando charges sobre futebol no jornal “A Tribuna do Norte”, um dos principais jornais do Rio Grande do Norte. Um ano depois, conheceu Henfil, um dos maiores cartunistas do Brasil, que o chamou para publicar charges políticas no Pasquim.

Autodidata, só foi estudar artes gráfica em 1989 quando conseguiu uma bolsa na Escola Superior de Artes Industriais de Praga, na antiga Checoslováquia.

Já passou por jornais como Folha de São Paulo, Folha da Tarde, Diário de Natal, Tribuna do Norte, Careta, Em Tempo, Voz da Unidade, Bundas e Pasquim21.

Atualmente trabalha no jornal Agora São Paulo, do grupo Folha. É autor dos livros O que vier eu traço, Pittadas de Maluf, Lula Ano Um, Pizzaria Brasil e co-autor de Já Era Collor.

Confira a entrevista feita na redação do Jornal Agora, feita em 27 abril de 2011 onde ele conta mais detalhes sobre sua trajetoria até o Pasquim.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s