Roberto Cabrini

por Elton Oliveira

Francisco Roberto Cabrini iniciou na profissão de jornalista aos 16 anos, trabalhando em uma rádio de Piracicaba, interior de São Paulo. Um ano mais tarde tornou-se o repórter mais jovem a ingressar na Rede Globo de Televisão. Foi correspondente internacional por oito anos, sendo quatro em Londres  e quatro em Nova York, participou também da cobertura de seis guerras, cinco Olimpíadas e cinco Copas do Mundo.

Cabrini é marcado por diversos fatos e matérias que estão na memória de brasileiros até hoje. Um exemplo disso foi à transmissão da “notícia que ninguém gostaria de dar”, assim como ele mesmo descreveu no momento de anunciar a morte do piloto Ayrton Senna, há exatos 17 anos.

Mas apesar de ter começado a carreira como jornalista esportivo, o repórter de origem piracicabana ganhou maior destaque com as reportagens investigativas, onde além de ter vencido prêmios como o APCA, Wladimir Herzog e o Líbero Badaró, fez matérias que acabaram resultando na localização de fugitivos da policia.

Assim como foi a matéria feita com PC Farias, mentor do esquema de corrupção da era Collor e que foi encontrado por ele no ano de 1993, na cidade de Londres.

Outra grande reportagem investigativa com foragidos da justiça foi à entrevista com a fraudadora da Previdência Social, Jorgina de Freitas, que foi localizada e entrevistada na Costa Rica.

A reportagem feita por Cabrini foi ao ar no programa Globo Repórter, exibido no dia 31 de Outubro de 1997, e rendeu a ele o primeiro prêmio da Previdência Social de Jornalismo, em 1998.

Além da TV Globo, Cabrini tem passagens pela Record e a Bandeirantes. Atualmente no SBT, comanda o “Conexão repórter”, sendo apresentador, repórter e editor chefe do programa.

Roberto Cabrini em uma das guerras que cobriu ( Foto: http://www.sbt.com.br)

No dia 1° de Maio de 2011, quando completou 17 anos da morte de Ayrton Senna, Roberto Cabrini participou do programa Eliana, para relembra os momentos em que viveu ao lado do piloto brasileiro.

Abaixo podemos ver um trecho de uma das reportagem feitas no programa “Conexão Repórter”.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s