A nova cara dos jornais diários

 No final do século XIX, os jornais eram similares a capa do Diário de Noticias. Porém no início do novo século os jornais diários fizeram uma transformação em sua estrutura e paginação.

Uma brincadeira do caricaturista, Raul Pederneiras, em 1901, mostra um pequeno passo nesta mudança dos jornais.

 Desenhou bonecos despencando coluna a baixo, na primeira página do jornal O Paiz, com a intenção de colocar que o paginador teria puxado o fio que os sustentava.

Com o acesso à rotogravura¹ e o crescimento dos jornais, houve a maior facilidade de colocar ilustrações nas páginas de jornais. Como pode-se perceber na imagem a seguir, a capa da Gazeta de Noticías, em 1907, ocorreu uma grande mudança na estrutura das páginas.A nova capa traz imagens e espaços em branco, que facilitam a adesão do leitor ao conteúdo

Em alguns jornais foram introduzidas novas seções, como de assuntos feminino, moda, esporte e automobilismo, gerando um novo desafio na diagramação. Grandes editores buscavam freqüentemente mudanças, por meio de muita experimentação, atraindo maiores cuidados artísticos.

¹ Processo industrial de impressão derivado da gravura, a entalha, sobre chapas de metal. Essa técnica tem inúmeras variantes, também conhecidas pelo nome genérico de calcografia.

Referências Bibliográficas:

CARDOSO, Rafael. O design Gráfico Brasileiro antes do design, Editora Cosacnaify, 2005

CARDOSO, Rafael. Impresso no Brasil 1808-1930 – Destaques da história gráfica no acervo da biblioteca nacional, Editora Verso Brasil.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s