Onde tudo isso vai parar?

A evolução do telejornalismo

Em 18 de setembro de 1950 foi ao ar a primeira transmissão de televisão no canal 3, a TV Difusora em São Paulo, que dois meses depois passou a ser a TV Tupi. Com isso, iniciou-se uma nova era na comunicação do Brasil. Essa situação fez com que o país fosse o quarto em âmbito mundial a mostrar o universo televisivo para uma população.

Porém, com o passar do tempo, os telespectadores começaram a exigir as mesmas características que faziam do rádio um veículo de credibilidade. Começava assim uma nova era na televisão, com o surgimento dos telejornais.

As emissoras perceberam não só uma forma de arrecadar verbas, mas também manter a audiência e exercer um papel importante: ser fonte de informação.

Guardadas as proporções de tempo e espaço, os telejornais atualmente possuem um papel extremamente importante no mundo, levando informações dos lugares mais remotos para todo o planeta.

Além desse aspecto cultural, que sofreu inúmeras adaptações, é preciso considerar a evolução tecnológica. O que antes era feito de forma muito trabalhosa – com equipamentos pesados e de difícil manuseio – hoje é possível fazer apenas com um celular em mãos, por exemplo.

As inovações tecnológicas trouxeram rapidez, agilidade, instantaneidade e veracidade nas noticias veiculadas. Para se ter uma idéia, hoje qualquer pessoa pode gravar algum evento importante pelo celular e disponibilizá-lo na internet. Outro exemplo, quando falamos de tecnologia no telejornalismo, são as redes sociais que integradas ao processo editorial de um telejornal tornam as notícias fáceis de entender para qualquer idade. Mas nem sempre foi assim. Para isso basta lembrar que o sistema VHS dominou as ilhas de edição por muitas décadas, e atualmente é encontrado apenas em museu devido à digitalização das ilhas. Filmadoras também tornaram-se pequenas oferecendo excelente imagens. E não para por aí, por que já estamos vendo a chegada do 3D.

Onde tudo isso vai parar? Segundo especialistas reunidos recentemente num simpósio que discutiu o assunto, a tendência é que as mudanças tecnológicas continuem num ritmo acelerado oferecendo dinamismo aos programas telejornalísticos, mudando conceitos e ideais para construção de uma sociedade cada vez melhor.

Vídeo: “Aberturas”

Repórter Esso – disponível em:

http://www.youtube.com/watch?v=O51qmZeJh4g acesso em 22/05/2011

Jornal Nacional 1969 – disponível em:

http://www.youtube.com/watch?v=9LKG8mOzsPk&feature=related  acesso em 22/05/2011

Jornal Nacional 1972 – disponível em:

http://www.youtube.com/watch?v=gjqfxIkyu_I acesso em 22/05/2011

Jornal Nacional 1976 – disponível em:

http://www.youtube.com/watch?v=LP6DFpbCuGo&feature=related acesso em 22/05/2011

TJ Brasil – disponível em:

http://www.youtube.com/watch?v=EY6Si6P4gzw  acesso em 22/05/2011

Aqui Agora – disponível em:

http://www.youtube.com/watch?v=Vs4WAoriDfk&feature=related acesso em 22/05/2011

GRUPO 2 – NOTURNO

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s